<body>


INFOMATION
.LisandraMoraes

Há quem diga que ela não passe de um monte de palavras. Há quem espere dela um monte de atitudes. Há quem a não conheça, há quem finja não conhecer. Há quem a siga, há quem se afaste. Há quem a abrace a há quem a faça chorar… Ela chora por não saber como dizer E escreve por não saber como chorar. Ela descreve o que não é E aposta no errado. Vive entre fases E te vicia lentamente. A abstinência te assusta, mas isso a diverte


TAGBOARD
hear your voice, baby.


AFFILIATES
Depois dos Quinze Beyound the obvious Mastonde By Garotas Just Lia Unha bonita
ARCHIVES
  • Maio 2009
  • Junho 2009
  • Julho 2009
  • Agosto 2009
  • Setembro 2009
  • Fevereiro 2010
  • Março 2010
  • Abril 2010
  • Maio 2010
  • Julho 2010


  • Cópia
    Date / Time : terça-feira, 29 de setembro de 2009 / terça-feira, setembro 29, 2009
    Somos perfeitamente iguais e só você não percebe isso. Nossos desejos, alguns pensamentos, nossas objeções. Tudo, tudo, tudo. Não adianta você dizer que sou ignorante, você também é. E quando diz que sempre quero ter razão, brigamos porque você quer ter a razão. Sou carente, você tambem. Você faz dramas, e claro, eu também sei fazer como ninguém. Sei que por vezes brigamos, nos desentemos, mas em 5 minutos estamos la denovo juntas e prontas para brigar outra vez. Porque, como eu, você não guarda rancores. Não adianta Mãe, somos iguais. E quando diz que eu só dou trabalho, você não sabe, mas também me dá muito trabalho conviver comigo em outro corpo mais velho e vivido. Somos cópias, gêmeas, porém mãe e filha.

    Meu pecado diário
    Date / Time : sábado, 26 de setembro de 2009 / sábado, setembro 26, 2009
    Talvez eu não seja metade do que aparento ser, do que minha casca aparenta ser, mas sei que pelo o que aparento ser, eu não preciso de ninguém. Por isso não culpo aqueles que me dão as costas e tentam quebrar a rigidez que minha casca tem.
    Difícil punição a qual eu mesma me submeto, parecer sempre bem para que possa proteger e ajudar aqueles que sei que nunca fariam nada por mim. Aqueles que sei que precisam de minha ajuda e mesmo sem pedir eu ajudo e sem querer nada em troca. Mesmo sabendo que eu preciso de ajuda, eu me recuso a pedir.
    Minha fala parece muda querendo ser ouvida por uma sociedade surda e incapaz de mudar e que não permite que eu faça o bem. Muitas igrejas e crentes tentam me converter, vivo num país onde milhões de pessoas tentam controlar quem pode ou não nascer e ao mesmo tempo, milhões são mortos por suas famosas bombas nucleares e tudo está muito bem assim. Ninguém se importa. Se importa, não faz nada. Já está mudo pela censura.
    Meu trabalho nela é o pior dos infernos mas também faz de mim alguém e me mantém longe dos pecados desse mundo. Por falta dos ouvidos que me ouçam, eu uso o papel e rezo para que aqueles que não são entendedores da escrita possam de algum jeito entender a minha mensagem, o meu suplico. (Dani Skykes)

    I still have a long road.
    Date / Time : sexta-feira, 25 de setembro de 2009 / sexta-feira, setembro 25, 2009
    Eu poderia ir embora pra sempre amanhã, mas eu acho que eu ficaria curiosa demais para deixar isso acontecer. Eu preciso ver para crer, preciso descobrir o que vem amanhã ou como será aquele teste semana que vem que me fará pensar em todas as outras coisa, menos a bendita matéria. Não consigo deixar de viver sem saber se quando eu for mais velha, minha vida vai ser um sonho, ou um pesadelo. Se eu terei a minha família, se eu realizarei meus sonhos. Acho que se tudo der errado, o que vai me matar vai ser a minha curiosidade.
     
     
    LOL hoje é meu aniversário, e, apesar de algumas coisas, eu to feliz..bem feliz. queria tanto sair hoje, mas nem vai rolar porque amanhã tenho uma prova, e ainda nao comecei a estudar e... sei la, parabéns pra mim KSHSKJSDHSDJKJSDSJ bj

    Amor, meu grande amor ...
    Date / Time : sexta-feira, 18 de setembro de 2009 / sexta-feira, setembro 18, 2009

    O sonho das garotinhas da escola, a ilusão das donas de casa noveleiras, a triste lembrança das senhoras solitárias. Um grande amor.
    Que mulher não daria tudo pra viver uma grande história de amor ? Daquelas com lindas declarações no meio da madrugada, com brigas bestas por causa de ciúmes, com alguns dias de ausência pra fortalecer a saudade, noites de amor intensas transbordando prazer e talvez uma terceira pessoa conspirando contra e fazendo do romance meio impossível, mas com o restante do Universo inteiro conspirando a favor para que tudo seja a mais completa perfeição. Algumas dessas mulheres ja viveram um grande amor mas nem se deram conta, ou por pura ignorância do que ele é verdadeiramente ou talvez por não serem tão grandes quanto elas esperavam. Outras dessas mulheres não chegaram nem perto de saber o gosto desse sentimento, por estarem (ou serem) muito fechadas a conhecer novas pessoas ou por terem uma barreira repleta de preconceitos ditados pela sociedade de como deve e como não deve ser seu príncipe encantado.
    Um homem é seu príncipe pela maneira como ele te trata, pelo jeito dele de ser quando está com você e pela maneira de você achar cada centímetro dos seus traços físicos e de sua personalidade absurdamente perfeitos. Mesmo que para os outros algumas coisas aparentem defeitos, para você aquilo se resume em uma parte do Éden que constrói o seu príncipe. Mas ele existe, é real, e você é loucamente apaixonada por cada detalhe da sua perfeita imperfeição.Não se pode imaginar um príncipe antes de conhecê-lo. Isso acaba criando um personagem fictício e não alguem real. E personagens fictícios só servem para destruir sonhos. Você tem que enxergar dele um príncipe e não imaginar um príncipe nele. A única coisa que você precisa ter certeza que um homem deve ter para ser o seu príncipe é o dom de te fazer feliz, isso é inquestionável. Para o resto deixe que a vida te leve, cuide bem de você e preste atenção aos sinais que quando menos se espera o amor bate a sua porta.
    E tão certas estão essas mulheres que desejam um grande amor. A vida sem amor não tem significado, não faz sentido, não é vida. O meu amor me completa, faz de mim o melhor que eu posso ser. Nos momentos ao seu lado eu sou alguém sem problemas e que a única preocupação é ser feliz e fazê-lo feliz. Não existem instantes de dúvida nem momentos de solidão. A saudade se torna companheira boa com a certeza que pouco tempo depois vai estar em seu lugar a alegria da presença. A presença daquele que eu amo e que me ama. Eu sou apenas dele e ele é apenas meu. Simples e eternamente dele. Puro e delirantemente meu.
    Eu tenho a sorte de ter um amor , de ter encontrado meu príncipe encantado. A sorte de estar pronta na hora que ele chegou a mim e de querê-lo tanto quanto ele me quer. Amor com 'sabor de fruta mordida'. Sou louca pelo meu grande amor... (creditos à Elιz M.!)


    ...
    Date / Time : quarta-feira, 16 de setembro de 2009 / quarta-feira, setembro 16, 2009
    Sou quieta, calada. As palavras fluem em meu coração. Estou sempre pensando, disposta a trocar uma opinião. Mas como posso, pois quando olho ao meu redor tudo o que vejo são máscaras? O amor me ilude, a hipocrisia me confunde, seus lábios me atraem.

    O pior remédio
    Date / Time : sexta-feira, 11 de setembro de 2009 / sexta-feira, setembro 11, 2009
    Esse é um texto pessoal, me desculpe. Não sou agradável como aparento ser, é de minha natureza. Sou como um remédio; a primeira dose sempre cura, mas quanto mais você toma mais se vicia e envenena. Sou tão incerta quanto o fim do mundo, tão imprevisível quanto os mais terríveis furacões. Não acredito em céu, é só uma promessa feita por quem teme severamente a morte, mas eu não tenho medo. Gosto de pessoas atentas, observadoras e fiéis; e não me atraio por qualquer músculo ou esteriótipo de príncipe encantado. Gosto de velocidade, pois me excita extremamente. Não hesito ao ouvir um bom e velho rock n roll. Podem me julgar, mas não garanto levar em consideração. Não cedo aos encantos de homens fáceis, gosto de desafios e questionários. Não ouse tentar me seduzir, no final o seduzido será apenas você. Não sou de falar, mas gosto de ouvir atentamente. Penso a cada segundo milhares de maneiras diferentes de ver o seu caráter. Ter cuidado pode ser uma boa opção. Posso escrever gêneros textuais diversos, mas nunca compreendi o amor e nunca consegui expressar sentimentos com vivacidade. Talvez eles não existam, quem sabe.

    Está tudo errado, não tentem ser bons!
    Date / Time : / sexta-feira, setembro 11, 2009
    Se eu tivesse que viver vinte vidas, eu mudaria todo o meu jeito. É bom inovar, não acham?
    Sabe, aquela história de "não me arrependo em nada", "não mudaria nada", "viveria do jeito que vivo hoje", é tudo mentira. Em algum lugar, algum canto de seu coração você gostaria de ter feito o que não fez, você gostaria de não ter feito e fez, você gostaria de sorrir e não sorriu, você gostaria de chorar e não chorou. Não tentem ser bonzinhos, não cheguem com aquela história "Tenho amigos e não ligo para mais ninguém", isso é falsidade com os outros, consigo mesmo.
    Não tentem achar que tudo são flores quando o céu está nublado, afinal com um céu nublado as flores não brotam, não digam que morte é muito pesado para se desejar, quem nunca desejou? Os suicídas não são loucos, são verdadeiros, pois são aqueles que 'fala e faz'. Chorar não é se sentir fraco, é colocar pra fora todo o seu ódio, e não é ruim odiar tudo e todos, pelo contrário, odiar é mais verdadeiro, você consegue colocar para fora no excesso de fúria. Grite quando necessário, não se prenda, pois o seu eu interior estará querendo colocar a raiva para fora e você, como uma criança mal criada de três anos, não o escutará e ficará calado achando que está certo, pois eu lhe digo, não está. Não há nada de errado em viver com os adjetivos impróprios desse mundo, pra alguma coisa eles servem, e se serve para algo, alguma coisa boa há, basta você descobrir o quão bom pode ser esse adjetivo e transformá-lo em uma qualidade em que possamos viver no nosso dia-a-dia.

    Date / Time : quarta-feira, 9 de setembro de 2009 / quarta-feira, setembro 09, 2009
    Você acabou sendo exatamente quem eu pensei que fosse. Eu nunca fingi ser outra pessoa, eu fui eu mesma o tempo todo e me humilharam na frente de todos. Olha, não vim aqui pra gritar com você, tá bom, eu vim pra dizer que eu sei o que é ter medo de mostrar quem você é, eu tinha mas acabo de perder. E tem mais, eu realmente não ligo pra o que pensam de mim porque eu acredito em mim mesma e sei que tudo vai dar certo. Mas apesar de eu não ter família, nem emprego e nem dinheiro pra faculdade, é de você que eu tenho pena. Eu sei que o garoto que me mandava e-mails está em algum lugar aí dentro de você, mas não vai dar pra esperar, porque esperar por você é como contar com chuva nessa seca, inútil e decepcionante. (A Nova Cinderela)

    Esse filme é lindo, assistam meninës, umbj.

    Qual é o meu problema?
    Date / Time : sexta-feira, 4 de setembro de 2009 / sexta-feira, setembro 04, 2009
    Quando eu era criança, eu desejava crescer. Agora, eu desejo sumir. Porque eu não fico invisível? Porque eu não esqueço de tudo e vou embora? Porque eu tenho que trazer problemas para a vida dos outros? Sem mim as coisas seriam mais faceis. Mas ai eu penso, que droga, eu já vivi tanto e vou desistir agora? Isso não seria a melhor coisa para fazer, afinal, porque eu vou ligar o fato de que as despesas que meus pais pagam são culpa minha, ou de que a maioria dos que se dizem ser meu amigos fingem ser uma coisa na minha frente, e nas minhas costas são outra completamente diferente? Porque eu me importaria quando todos olham para mim e dizem que sou metida? Porque eu deveria mesmo sumir? Para agradar aqueles que me amam? Ou será que eles não iam gostar? Eu realmente não sei o que aconteceu comigo, com aquela garota simpática, aquela que colecionava barbies e ajudava a mãe a arrumar a casa. Aquela que tinha graça, aquela que sabia sorrir, aquela que não precisava se esforçar para agradar a todos porque fazia isso sem querer. Acho que aquela garotinha se foi, acho que o meu faz-de-conta acabou, acho que agora é a possivel entrada na vida real, o preparo para a vida de verdade que vem no futuro. Mas eu apenas acho, eu nunca tenho certeza de nada, eu sou apenas.. Mais uma adolescente nesse mundo estranho e novo.

    Vamos brincar de falar sério
    Date / Time : terça-feira, 1 de setembro de 2009 / terça-feira, setembro 01, 2009

    As pessoas vivem dizendo coisas. Isso me irrita. ARG :@

    Se aquilo que dizes nem passa perto do que acreditas, pra que divides comigo? Não quero ouvir mentiras cuspidas para me agradar. Me faça mal, mas fale a verdade.

    Por que diz que pra você eu sou transparente se nem ao menos sabe quando estou feliz?

    Por que fala olhando em meus olhos que me conhece se nem sabe de que livro eu gosto?

    Por que me diz pra não temer se nem ao menos sabe sobre os meus temores?

    Grite comigo! Diga que sou superficial, que sou estúpida por me irritar com coisas fúteis.

    Quero ouvir verdades, mentiras sinceras não me interessam mais. Eu já aprendi que não devo me abalar com qualquer deixa, nem vou me deixar levar por palavrinhas bonitinhas e juras de amor.